quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Helio dos Passos No Pioneiro


A fama passo a passo
Cantor de Nova Prata, Hélio dos Passos é destaque na Internet com clipes e vídeos de seus shows pela região
VANESSA FRANZOSI



Apresentado ao Brasil pelo programa "Caldeirão do Huck" há duas semanas, o artista é novamente atração da TV Globo neste sábado à tarde

Nova Prata - Muito antes de se apresentar no programa Caldeirão do Huck, no último dia 11, o cantor Hélio dos Passos já não conseguia andar pelas rua de Nova Prata sem ser reconhecido. Com uma maneira bastante particular de cantar e dançar, alcançou o sucesso por meio de shows na região e vídeos na Internet. Mas hoje sua fama ultrapassou o público de 20 mil habitantes da cidade. Agora ele virou mania em muitos outros municípios, principalmente da Serra, e entre os internautas, que acompanham os recentes sucessos espalhados pela rede.

No programa da TV Globo, o artista de 45 anos dançou seu hit mais famoso, o mais pedido nos shows: Nas Ondas do Rádio, popularmente apelidado de "Fica Comigo Agora", um trecho do refrão da música de sua autoria. Participando do quadro Dando Crédito, Hélio poderia não ter chegado ao final da música - o diretor do programa de sábado à tarde corta o participante quando esse não lhe agrada. Mas na primeira gravação no Rio de Janeiro, Hélio cantou toda a música, ficando pouco mais de quatro minutos no ar, e atraiu atenções pela sua voz, o figurino especial e os passos de dança originais.

Acompanhado pelo público, aclamado principalmente pelas garotas, o cantor de Nova Prata sentiu-se o astro que tanto sonhou ser. Ao final, gritos de "mais um...mais um" encerraram o programa que teve uma cena cortada pela emissora: a invasão da platéia no palco, cercando o artista gaúcho.

Músico há quatro anos - O trabalho de Hélio como cantor, porém, é mais antigo do que o sucesso das duas últimas semanas. Sua fama não surgiu com a aparição na TV. Nascido em Caseiros, próximo a Lagoa Vermelha, Hélio se mudou para Nova Prata em 1998, quando abandonou a agricultura e foi em busca de melhores oportunidades de trabalho na cidade industrializada.

Acompanhado da então mulher - hoje o cantor está solteiro - e do filho, com três anos à época, encontrou trabalho em uma indústria da cidade. Apesar de ter um bom emprego, Hélio tinha um problema: não gostava de receber ordens. O dia-a-dia na fábrica o levou a ter depressão e foi tratando-se da doença com uma psicóloga, em 2001, que o então operário resolveu mudar de área.

- Ela me perguntou o que eu mais gostava de fazer. Eu respondi que era cantar. E o que ela me disse? Vai cantar - lembra Hélio.

Há anos ele não tem mais contato com a psicóloga, mas levou a dica a sério e começou a compor suas primeiras músicas. Antes de abandonar seu emprego na produção de pneus, em 2004, o cantor arriscou se apresentar em pequenos grupos, em reuniões de amigos. Sempre foi aprovado.

Para se manter enquanto trabalhava nas primeiras canções, virou corretor de seguros - profissão que mantém atualmente. Dois anos depois de começar a se dedicar em definitivo à música, com seis composições próprias, Hélio dos Passos teve seu CD gravado. Com as letras no papel e as melodias em mente, o artista desembolsou R$ 3 mil para gravar suas canções, fazer 30 cópias e divulgar seu trabalho. Desde então, a obra Romântico por Natureza teve pequenos ajustes que melhoraram sua qualidade técnica e, este mês, chega ao número de 8 mil cópias vendidas, mais da metade comercializada a partir de junho.

Dos palcos para a Internet - Junho foi o mês que iniciou uma nova fase na carreira de Hélio. O show para 2 mil pessoas realizado no clube Chernobyl, em Nova Prata, foi gravado em DVD, obra lançada 15 dias depois. Com os vídeos divulgados na Internet, o cantor da Serra ficou conhecido em outros estados. Hélio tem hoje 47 versões de seus vídeos no site YouTube, com mais de 372 mil acessos registrados. O mais visitado deles, o clipe da música Vale Misterioso, popularmente conhecido por "Morena do Rio Turvo", aproximava-se da marca de 150 mil acessos até o fim da última semana. No site de relacionamentos Orkut existem mais de 10 perfis de Hélio dos Passos e 30 comunidades com mais de 3 mil integrantes.

Foi este sucesso virtual que levou o cantor, que define-se como sertanejo-pop, mas também mistura ritmos de samba e dance em suas canções, ao programa da TV Globo. Um olheiro da produção acessou o vídeo e convidou Hélio para a gravação. O sucesso da primeira apresentação foi tanto que na última segunda-feira ele voltou ao Rio de Janeiro e gravou novamente para o quadro. A performance poderá ser acompanhada neste sábado às 14h30min.

Apoio e críticas - As composições de Hélio, suas melodias e as coreografias espontâneas revelam parte da personalidade do artista, de sua forma ingênua de encarar a vida. Postura que não lhe garante total apoio. Ao dedicar-se à área artística mais seriamente, a partir de 2003, o cantor enfrentou críticas e não recebeu o auxílio desejado, principalmente da sua família. Morando em Caseiros, cidade com quase 3 mil habitantes, seus pais e três irmãos dividiram opiniões sobre como interpretar o sucesso de Hélio.

- Meu pai nunca me apoiou, até hoje ele me critica, não gosta do que eu faço. Mas minha mãe não, ela me incentiva, aprova o meu sucesso - comenta o artista ao arriscar uma estatística de que não mais de 10% da população de Caseiros foi simpática ao seu sonho.

O apoio foi diferente em Nova Prata e na maioria das cidades da região. Por onde passa na cidade, ele é atração, principalmente entre os jovens. São eles os grandes responsáveis por comprar seu CD, seu DVD, ouvir suas músicas em MP3 players, assistir aos seus shows, acompanhar o sucesso e divulgá-lo pela Internet.

- Gosto muito da música dele, do jeito que ele dança. Ele faz muito sucesso em Nova Prata e espero que faça sucesso em todo o Brasil - torce a estudante Tamara Lira Moreira, 15 anos.

Estilo próprio - O que justifica o sucesso de Hélio entre crianças e adolescentes é sua originalidade. Apesar de ter três regravações dos grupos Os Atuais, Os Mirins e da dupla Milionário e José Rico em seu CD, sete canções são de autoria própria. Com letras apaixonadas em rimas simples, em ritmos variados, as canções conquistam ainda pelas coreografias já conhecidas do também dançarino. O estilo romântico, conquistador, é o que arranca aplausos da platéia.

- Nos meus trabalhos, estou sempre tentando criar músicas novas, sair da rotina, trazer alguma novidade ou algo que estava esquecido, porque isso tem mais chance de dar certo - explica Hélio.

É essa vontade de apresentar novidades e de ser autêntico que cativa cada vez mais o público.

- Ele tem um estilo próprio que contagia toda a galera. Eu acho a música muito alegre - resume o estudante Renato Júnior de Oliveira, 17 anos, fã do cantor.

Na última viagem ao Rio de Janeiro, Hélio foi contatado por um DJ carioca para fazer uma versão funk de sua música de maior sucesso, Nas Ondas do Rádio. A apresentação da versão é aguardada para ser aprovada e entrar no repertório.

Por trás da fama - Apesar de ter começado sua carreira de forma independente, hoje Hélio tem o acompanhamento de pelo menos três pessoas. O advogado Gilmar Peruzzo está ao lado do cantor juntamente com os produtores de áudio e vídeo, Fabiano Rodrigues e Laura Pieta Cunico. São eles que organizam seus shows (a maioria feita em playback), verificam o áudio, gravam seus vídeos e cuidam de seu figurino. O figurino, aliás, merece destaque. Quem acompanha o sucesso de Hélio pode vê-lo usando duas camisas: uma azul e branca, toda estampada, e uma vermelha, lisa.

- Essa camisa azul é a cara do Hélio. Era do meu pai, ainda da década de 1970, é de seda italiana, e é a que o Hélio mais usa. Gravou o primeiro Caldeirão com ela. Mas na segunda vez a produção não deixou, emprestou uma da Globo para ele - explica Laura.

Um comentário:

Eu sou Eu disse...

Ola.. sou de guarulhos SP e gostaria de saber como comprar o cd do helio dos passos...espero contato.. Antenciosamente Alexis Tosti Filho

Desde 14/01/07
Locations of visitors to this page